DK uma notícia, Adilson!

04/08/2009

Produtos orgânicos

okologi_sideVocê alguma vez já comeu cenoura, beterraba ou tomates cultivados numa horta doméstica? Percebeu que elas tinham gosto de “cenoura”, de “beterraba” e de “tomate”?!? Esta pergunta pode parecer estranha a primeira vista, mas só quem já experimentou tais produtos, cultivados com adubos orgânicos e sem o uso de pesticidas, sabe do que estou falando… os produtos “comuns” nos supermercados brasileiros parecem isopor, quando não possuem acentuado gosto de hormônios e pesticidas!

Os produtos orgânicos são muito comuns aqui na Dinamarca: podem ser encontrados com facilidade em qualquer supermercado. Em Dinamarquês, são chamados de økologisk (ou ecológicos). Nos supermercados maiores e mais sofisticados, há prateileiras inteiras, nos diversos setores, só com orgânicos.  Na Alemanha, vi supermercados específicos que só vendem produtos orgânicos!!!

Exemplos de produtos orgânicos do mercado dinamarquês (massa para pão e leite).

Exemplos de produtos orgânicos do mercado dinamarquês (massa para pão e leite).

O valor dos produtos orgânicos aqui é geralmente um pouco maior, mas numa sociedade de alto poder aquisitivo e consciente, prefere-se pagar um pouco mais e ter a garantia de produtos que na sua cadeia produtiva seguem os seguintes princípios:

  • O solo é considerado uma organismo vivo e deve ser revolvido o mínimo possível;
  • Uso de adubos orgânicos de baixa solubilidade;
  • Controle com medidas preventivas e produtos naturais;
  • O mato (ervas daninhas) faz parte do sistema. Pode ser usado como cobertura de solo e abrigo de insetos;
  • O controle de ervas daninhas é preventivo: manual e mecânico (roçadas);
  • Teor de nitrato na planta é baixo;
  • Os efeitos no meio ambientes são positivos: preservação do solo e das fontes de água.

“Para os adeptos do movimento orgânico, um mundo cada vez mais automatizado e dependente da tecnologia não exclui a viabilidade de uma produção sustentável, que respeite o solo, o ar, as matrizes energéticas e principalmente o ser humano.”

Crescimento na vendas de produtos orgânicos na Dinamarca: 1/3 a mais em 2007, quando comparado com 2006. Leite, queijos e ovos são os produtos mais populares.

Crescimento na vendas de produtos orgânicos na Dinamarca: 1/3 a mais em 2007, quando comparado com 2006. Leite, queijos e ovos são os produtos mais populares. Fonte: http://fremtidenslandbrug.dk/?p=35

10 motivos para consumir produtos orgânicos:

1. Proteger as futuras gerações;
2. Prevenir a erosão do solo;
3. Proteger a qualidade da água;
4. Rejeitar alimentos com agrotóxicos;
5. Melhorar a saúde dos agricultores;
6. Aumentar a renda dos agricultores;
7. Apoiar os pequenos agricultores;
8. Prevenir gastos futuros;
9. Promover a biodiversidade;
10. Descobrir sabores naturais.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Agricultura_org%C3%A2nica

Massas frescas, outro exemplo de produto orgânico dinamarquês.

Massas frescas, outro exemplo de produto orgânico dinamarquês.

Ah, um detalhe importante! O que diferencia um produto orgânico de seus “irmãos” não é o teor nutritivo, que é praticamente idêntico, mas o respeito no cultivo aos recursos empregados (solo, água, ser humano etc) e a ausência de hormônios e pesticidas nocivos ao ser humano adicionados.

Outro fator importante é sempre lavar muito bem os alimentos, mesmo os orgânicos, pois embora os verdadeiros não possuem pesticidas em suas cascas e folhas, em geral empregam-se adubos orgânicos (fezes de animais curtidas, compostagem etc) na sua producão e isto faz com que possam ter larvas ou ovos de diversos organismos nas suas cascas ou folhas e por isso devem ser bem lavados e desinfetados antes do consumo.

♣ Uma cartilha muito interessante foi desenvolvida pelo governo brasileiro e pode ser acessada aqui.

Anúncios

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.